A importância da diversificação (ou porque não colocar todos os ovos na mesma cesta)

http://www.dreamstime.com/royalty-free-stock-images-eggs-basket-image5772689

Nunca coloque todos os ovos na mesma cesta.

Todo mundo já ouvi este ditado popular alguma vez. Mas o que isso tem a ver com o mundo dos investimentos e das finanças?

Vamos voltar no tempo para que eu possa explicar.

Era março de 1990. O presidente do Brasil era Fernando Collor de Mello, e naquele mês entrava em ação o fatídico Plano Collor, que teve como uma de suas medidas o ”confisco” de todo o capital que estava acumulado em cadernetas de poupança e outros investimentos. (leia mais sobre o Plano Collor aqui).

De repente, muitas pessoas se viram impedidas de usar suas economias, muitas vezes economias de uma vida. Isso gera traumas na população até hoje. Repare como as pessoas que viveram naquela época sempre indicam que a compra de imoveis é um bom investimento, usando o argumento de que sua terra, sua casa, o governo não pode lhe tirar.

Imagine que acontecesse algo similar hoje. Em uma canetada, o presidente de ocasião decide “confiscar” todo o dinheiro investido no Tesouro Direto, por exemplo. Você perderia todas as suas economias?

Ou pense que você colocou todas as economias de uma vida na compra da sua casa própria, e por um motivo fora do seu controle (inundação, deslizamento de terra, incêndio, etc) você perde seu imóvel. Como fica?

É aqui que entra a importância de diversificar. Se nessas situações hipotéticas, você tiver todos os seus investimentos no Tesouro Direto, ou tudo investido na sua casa própria, você perderia tudo. Mas se tivesse diversificado em Tesouro Direto, poupança, ouro, criptomoedas, acoes na bolsa de valores, imóveis, euro e dólar, por exemplo, esse confisco não te prejudicaria muito.

Por isso o ideal é sempre diversificar: vá acumulando um pouco de capital em cada coisa. Compre títulos de renda fixa, ações na bolsa, imoveis e fundos imobiliários, dólar e outras moedas. Também pode investir em outros países, diversificando ainda mais. Hoje é bem mais fácil do que parece. Veja o site do Investidor Internacional para aprender a investir em qualquer parte do mundo.

A diversificação também te ajuda a evitar grandes perdas na bolsa de valores.

Situação hipotética: você tem 100% da sua carteira em acoes da empresa X, e ela despenca 80%. você terá perdido 80% do valor que investiu em ações. Agora imagine que ao invés de ter ações de apenas uma empresa, você tem ações de 20 empresas (5% da carteira em cada empresa). Se acontecesse essa queda que citei, você perderia apenas 4% (80% de 5%) do que tinha investido. É uma situação bem mais fácil de lidar. E quanto mais empresas você tiver, melhor. Mas lembre-se: não compre ações apenas por comprar. Veja como anda a situação da empresa, estude bem antes de fazer seus investimentos.

Da mesma maneira, a diversificação reduz um pouco seus ganhos, já que se uma ação disparar, ela vai impactar somente numa pequena parte do seu capital.

Diversificar te deixa tranquilo frente as oscilações do mercado, da política, da economia.

Diversificar trás paz.

Diversifique você também!

Anúncios

2 comentários em “A importância da diversificação (ou porque não colocar todos os ovos na mesma cesta)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s