Usando a reserva de emergência

green and white male gender rest room signage
Foto por monicore em Pexels.com

Lembro que lá no início, nos primeiros posts deste blog, escrevi sobre a reserva de emergência, explicando o que era e quando você deveria utilizá-la. Se você ainda não sabe o que é reserva de emergência, recomendo que leia os posts abaixo antes de continuar:

O que é reserva de emergência?

Como usar a reserva de emergência?

De lá pra cá, já precisei usar minha RE várias vezes, e esse texto serve como testemunho do uso que fiz dela.

Da primeira vez, precisei me mudar de casa de forma não prevista, logo, tive que arcar com todas as despesas provenientes da mudança: contratar o frete, montar móveis, providenciar a pintura do imóvel que eu saí, pagar dois aluguéis naquele mês. Sim, morar de aluguel é financeiramente mais vantajoso do que comprar um imóvel neste momento, mas tem seus pontos fracos.

Em outro caso, precisei contratar um advogado para recorrer de uma decisão judicial, que imaginei que seria favorável. Novamente, precisei acionar a RE para cobrir essas despesas imprevistas.

A última vez que tive que acionar a reserva foi para comprar um outro aparelho de celular para minha esposa, que como relatei no meu texto sobre a viagem para Santiago, foi furtado dentro do metrô. E lá vamos nós apertar o botão vermelho da RE novamente.

Leia também: Os melhores celulares de 2018

Como você pode notar, são fatos corriqueiros que podem acontecer com qualquer pessoa: mudança de imóvel, celular furtado, recorrer de uma decisão judicial. Ninguém está livre desse tipo de coisa. Por isso a existência de uma reserva de emergência é tão importante. Foi graças a ela que eu pude resolver todos esses contratempos sem precisar me desfazer dos meus investimentos em renda variável , usar o cheque especial ou fazer empréstimos junto a instituições financeiras.

Se você ainda não tem uma RE, não espere mais e comece agora mesmo a montar a sua!

$$$$$$$

CURSOSCOACHING BEBLUE CLUBE VIDA RICA | CANAL NO TELEGRAM

 

Anúncios

7 comentários em “Usando a reserva de emergência

  1. Costumo chamar a reserva de emergência de colchão de segurança. Acho que esse termo peguei do Clube do Pai Rico rs. Mas com certeza é importantíssimo ter. Graças a Deus nunca precisei mexer nela e venho aumentando o valor à medida que meu patrimônio (e também as despesas mensais) aumentam! =] =]

    Curtido por 1 pessoa

  2. Eu morro de dó de usar minha reserva de emergência, mas sempre lembro que pelo menos posso recorrer a ela enquanto boa parte da população precisa pegar um empréstimo no banco, com familiares etc.
    A vida é cheia de imprevistos, faz parte!

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s