Como organizar sua vida financeira

Saudações!

A obra de hoje foi a primeira leitura do Clube do Livro promovido pelo Café Resiliente!

Eu já li outras obras do Gustavo Cerbasi, como Casais Inteligentes Enriquecem Juntos e Adeus, Aposentadoria! e gostei bastante, mas talvez por eu estar em outro momento da minha educação financeira, achei Como Organizar Sua Vida Financeira uma obra mais do mesmo, que não me acrescentou nada.

O orçamento doméstico é um dos primeiros passos na vida de um investidor, e se você já tiver alguns anos de estrada, vai achar o livro bem básico, sem sal, sem um fato novo que possa ser aproveitado.

Pelo contrário, como já estou um tanto quanto avançado no assunto, vou me dar o direito de tecer algumas críticas:

Segundo a Regra dos 80, você deve subtrair sua idade do número 80. O resultado deveria ser o percentual de sua carteira recomendável para investimentos em renda variável (que inclui todos os investimentos de risco significativo). Por exemplo, se você tem 20 anos, deveria investir 80 menos 20, ou seja, 60% de seu patrimônio em renda variável. Com 40 anos, sua parcela de renda variável deve ser de apenas 40%. Quanto mais envelhecer, menor será a participação de investimentos de risco em sua carteira.

Discordo dessa regra para investimentos em renda variável. Em um prazo tão longo assim, o risco da sua carteira está extremamente diluído. Não é necessário vender suas ações para comprar ativos de renda fixa tentando ser conservador. Você já está sendo conservador ao ter ações de várias empresas. E é justamente no longo prazo que as ações apresentam um rendimento melhor. Desfazer-se delas depois de 30 ou 40 anos é como jogar o filé mignon no lixo. Caso tenha necessidade para se sustentar, pode ir vendendo suas ações. Pela regra atual, a venda de ações até R$ 20 mil por mês é isenta de imposto de renda. E quando você morrer, ainda pode deixar

Não, definitivamente não defendo que o FGTS deva estar disponível ao trabalhador a qualquer momento, para ser usado como sua família bem entender.

Simplesmente não faz sentido. Como esperar que as pessoas se tornem financeiramente educadas e responsáveis, se retiram um belo quinhão de suas mãos, não deixando-as responsáveis por gerenciar seu próprio patrimônio?

Agora, se você não tem ideia de como começar a colocar suas contas em ordem, e está iniciando no mundo da educação financeira, esse livro é excelente para tal fim. Apesar de alguns pontos desnecessários, de ficar enchendo o livro de siglas e regrinhas, ou de considerar dívidas como algo bom em certos casos (discordo completamente, pagar juros não tem como ser algo bom), é um bom título para quem está dando seus primeiros passos nessa área.

Outros trechos do livro:

O orçamento é uma trilha, não um trilho.


Muitos, entretanto, preferem ver sua felicidade naquilo que ainda não possuem, e fazem de sua vida uma eterna busca que resulta em problemas. No caso, os problemas são dívidas intermináveis e, muitas vezes, impagáveis.


Investir mal é melhor do que não investir.


O ideal é que seu controle seja simples e não roube momentos preciosos de outras atividades pessoais.


Se você gostou, pode comprar a obra no link abaixo:

COMO ORGANIZAR SUA VIDA FINANCEIRA – GUSTAVO CERBASI

41twbuth0ql._sx346_bo1204203200_

$$$$$$$

Se você gosta de ler, participe dos nossos clubes de leitura, basta se inscrever nos links abaixo:

Clube do Livro Whatsapp da @economicamentecorreta

Clube do Livro no Facebook do Café Resiliente

Livro do mês da @liviamedeiros

$$$$$$$

Também estamos no YouTube e no Instagram!

$$$$$$$

LOJA MENTORIA BEBLUE CLUBE VIDA RICA | CANAL NO TELEGRAM

5 comentários em “Como organizar sua vida financeira

  1. Ta osso de ler o texto com este fundo de tela ai hein…muda pf.
    Discordo dessa regra de 80 tbm. Teria que ser 80% em RF e o minimo possivel na bovegas, Abcs

    Curtido por 1 pessoa

  2. O fundo de tela aqui está normal.
    Mas tb… Leio no leitor WordPress.
    Eu tb não concordo com a regra dos 80, apesar de estar exatamente com o mesmo % da regra atualmente RS. Porém não pretendo girar patrimônio ao longo do tempo.
    Mas Marcelo, não sei se o livro sugere vender a posição ao longo do tempo… Mas pq não aumentar a posição em renda fixa, ao invés de vender renda variável? É uma forma de equilibrar os % também.
    Obviamente que é difícil, tendo em vista que o montante já será bem grande. Mas Talvez concentrar dividendos e aportes no lado que precisa aumentar… Sei lá, pode dar certo tb.
    Grande abraço!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta para Jeferson Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.