Guia do Tesouro Direto – Parte 3

Se você chegou agora, leia os textos anteriores:

Guia do Tesouro Direto – parte 1

Guia do Tesouro Direto – Parte 2


 

Tesouro-Direto

Na terceira parte deste guia, vou falar sobre os títulos disponíveis no sistema do Tesouro Direto, e qual o melhor uso de cada um deles.

Abaixo, os títulos disponíveis para venda no TD no dia 13/04/2019:

Captura de tela 2019-04-13 18.53.33

Esses números no final de cada título (2024, 2035, 2045 etc) se referem ao ano em que o título vence, ou seja, o ano em que automaticamente o valor investido naquele título será depositado na sua conta corrente.

As demais colunas são auto-explicativas: a data de vencimento do título, a taxa de juros anual que cada um renderá durante o período, o valor mínimo para o investimento naquele título e o valor unitário de cada título. Não é necessário ter dinheiro suficiente para comprar um título inteiro para começar a investir; você só precisa ter o valor mínimo de investimento para aquele título. Isso mostra como é bem simples investir no Tesouro Direto, mesmo se você tem pouco capital disponível para isso.

Agora vamos entender melhor qual é o melhor uso para cada um desses títulos.

Tesouro Selic

O Tesouro Selic pode ser entendido como uma caderneta de poupança, mas que rende mais. Ele é ideal para guardar uma parte da sua reserva de emergência, ou acumular capital para um objetivo de curto prazo, como uma viagem de férias.

O rendimento do título varia de acordo com a taxa Selic vigente, logo, seu rendimento acompanha essas oscilações. Entre 2008 e 2018, o Tesouro Selic rendeu de acordo com o gráfico abaixo:

historico Selic 2008 a 2018
Fonte: Minhas Economias

Tesouro Prefixado

Como o nome diz, o rendimento desse título é prefixado: independente do que aconteça até o vencimento do papel, você receberá os rendimentos da data da compra. Então a taxa Selic pode subir, cair ou andar de lado, mas o rendimento do seu título continuará o mesmo.

Esse título pode ser utilizado para objetivos de prazos mais longos, preferencialmente casando o uso do dinheiro com a data do vencimento do título. Por exemplo, se pretende comprar um carro novo daqui três anos, o ideal seria fazer aportes do Tesouro Prefixado 2022.

Tesouro Prefixado com Juros Semestrais

Ele é similar ao título anterior. A diferença é que parte dos rendimentos cai semestralmente na sua conta bancária. É o título ideal para quem já acumulou um bom patrimônio e agora quer usufruir da renda que o capital acumulado gera.

O restante dos rendimentos cai na sua conta na data do vencimento.

Tesouro IPCA+

É o título mais recomendado para quem está buscando acumular patrimônio para o longo prazo, visando a aposentadoria.

O nome do título decorre do fato de, além da taxa de juros contratada, ele também acompanhar a inflação do índice IPCA. Dando um exemplo, se você adquire um título que paga 4,18% ao ano, e a inflação daquele ano foi de 5%, ele rendeu no total 9,18% antes de descontar os impostos. Ele é recomendado para o longo prazo porque preserva o poder de compra, já que acompanha a inflação de preços ao consumidor.

Neste título, todo o rendimento será depositado na sua conta na data do vencimento.

Tesouro IPCA+ Com Rendimentos Semestrais

Aqui, o rendimento é igual ao título anterior: taxa de juros contratada + a inflação de preços do período medida pelo índice IPCA. A diferença é que parte do rendimento é paga ao investidor a cada seis meses, e o restante é pago no vencimento do título.

Assim como o Prefixado com Rendimentos Semestrais, é recomendado para quem já acumulou patrimônio e visa obter uma renda constante deste capital investido.


Independente do título que você escolha, o ideal é que o investimento seja feito visando a data do vencimento do título. Apesar de ser possível auferir bons lucros com a venda antecipada dos títulos, isso não é o mais recomendado.

Com exceção do Tesouro Selic, só faça um investimento no Tesouro Direto se pretende deixar o valor aplicado até a data de vencimento.

IMPORTANTE: ESSE TEXTO É APENAS MINHA OPINIÃO, NÃO É UMA INDICAÇÃO DE INVESTIMENTO.

Ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários!

$$$$$$$

Se você gosta de ler, participe do nosso clubes de leitura, basta se inscrever nos link abaixo:

Clube do Livro no Facebook do Café Resiliente

$$$$$$$

Também estamos no YouTube e no Instagram!

$$$$$$$

LOJA MENTORIA BEBLUE CLUBE VIDA RICA | CANAL NO TELEGRAM

 

 

 

 

 

5 comentários em “Guia do Tesouro Direto – Parte 3

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.