Reserva de emergência não precisa de rentabilidade

bancos digitais
Fonte: Olhar Digital

Saudações, reservados e reservadas!

“Reserva de emergência não é investimento. Não precisa render nada. Ela tem apenas que estar lá, disponível. É como se não existisse até o dia em que você precisa dela.” 

Só esse parágrafo acima, retirado do fórum da Bastter.com, já deveria ser o bastante para você entender onde deve deixar a sua reserva de emergência. Já escrevi vários textos aqui , explicando o que é, para que serve, quando deve usar, onde deixar guardado, que você pode ler clicando nos links abaixo:

O que é reserva de emergência?

Como usar a reserva de emergência?

Usando a reserva de emergência

Maaaas… tem uma coisa que as pessoas insistem em não entender: ficar procurando onde a reserva de emergência rende mais! Isso não faz nenhum sentido! Dia sim, dia também, tem alguém perguntando onde pode obter mais rendimentos na sua reserva de emergência, e sempre surgem as mais diversas opiniões, indicando CDB de bancos pequenos, contas correntes remuneradas, títulos do Tesouro Direto, mais especificamente o TD Selic, fundos DI, enfim. Tem opção para todos os gostos.

Só que RE não precisa de rentabilidade. Tanto faz se ela não render nada. Ela precisa de apenas duas coisas: segurança e liquidez. Ela é um seguro, um bote salva-vidas, um pára-quedas. Você deixaria seu bote salva-vidas ou seu pára-quedas em um lugar que só pode ser acessado em dias úteis?

“Vamos torcer para o navio não afundar no fim de semana, afinal só posso pegar o meu colete na segunda-feira.”

ou

“O avião está caindo, mas só consigo usar meu pára-quedas depois das 9h.”

tulen-travel-8eFbe3jQZ7Y-unsplash
Foto por Tulen Travel no Unsplash

Outra coisa é se enganar com os rendimentos propagados pelos bancos, sem buscar saber como está a situação dele. Por mais atraentes que possam ser os bancos novos, digitais, plugados na mente da juventude, você precisa deixar seu dinheiro em um lugar que não corra risco de falir. Antes de decidir onde colocar sua reserva de emergência, verifique a situação da instituição financeira. É possível obter os dados facilmente no site BancoData. Ou você é daqueles que deixa seu dinheiro em qualquer lugar, sem se preocupar com a situação da empresa onde ele está aplicado?

Sei que vai parecer anacrônico, careta, atrasado, coisa de tiozão, mas deixo minha RE em conta poupança de um banco grande, que tem uma boa situação financeira. Sim, existe o FGC para cobrir os bancos, mas numa situação de emergência você não pode ficar esperando até ser ressarcido pelo fundo. E banco quebrar, no Brasil, não é algo necessariamente raro, como você pode ver nesta matéria da Valor de 2018.

Outro motivo para não ficar se preocupando com rentabilidade de RE é o fato dessa reserva representar apenas uma pequena parte da sua carteira ideal. Uma vez que ela foi formada, você não vai colocar mais dinheiro nenhum nela, e com o passar do tempo, ela vai representar uma quantia cada vez menor do seu patrimônio. Ela também irá te ajudar a acumular cada vez mais. Caso você enfrente uma emergência, vai utilizar esse dinheiro para resolver seu problema e resguardar seus investimentos de longo prazo. Já imaginou passar por um aperto e precisar vender ações ou mesmo títulos de longo prazo do Tesouro Direto? Vai perder muito mais dinheiro do que se deixar sua RE quietinha na poupança.

Enfim, sei que o assunto é polêmico (não deveria ser, porque é simples), e que eu sou um tanto drástico quanto a isso, mas fica aqui novamente expressa a minha opinião sobre ele.

Se não concorda, coloque sua opinião nos comentários. Vamos debater!

Até!

cropped-porco-avatar1

Se você gosta de ler, participe do nosso clube de leitura, basta se inscrever no link abaixo:

Clube do Livro no Facebook do Café Resiliente

cropped-porco-avatar1

Também estamos no YouTube e no Instagram!

cropped-porco-avatar1

LOJA MENTORIA BEBLUE CLUBE VIDA RICA | CANAL NO TELEGRAM

 

Anúncios

7 comentários em “Reserva de emergência não precisa de rentabilidade

  1. Não entendo porque as pessoas têm tanta dificuldade com esse assunto.

    Parece que falar em poupança é um pecado mortal…mas o fato é que ela é muito útil para RE.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Concordo 100% que a finalidade da R.E não é a rentabilidade e sim a liquidez imediata e segurança, porém qual a dificuldade em alocar a R.E em CDB de Liquidez Diária ou no Tesouro Selic? Talvez até menor do que ter uma conta em um banco tradicional e alocar na poupança. A liquidez é no máximo D+1, no caso do CDB quando precisei caiu na hora.
    Não entra na minha cabeça deixar na poupança, sendo que poderia tá rendendo um POUCO mais nessas 2 opções, ainda que saiba que rentabilidade não seja o fator PREPONDERANTE no caso da R.E.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Lucas, obrigado pelo comentário. O problema desses investimentos para a RE é por ser liquidez diária somente quando o mercado financeiro está aberto. Se tiver necessidade de usar a RE durante um feriado prolongado ou fim-de-semana, pode passar aperto.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.