Os meus axiomas

lighthouse at night
Foto por Felix R. em Pexels.com

Saudações, caros leitores e leitoras.

Outro dia recebi este artigo do Clube do Pai Rico no meu e-mail, falando sobre a importância de o investidor ter seus próprios axiomas, isto é, ter uma pequena lista de regras, leis, normas (chame como preferir) para ele se guiar nos seus investimentos. Essa lista é aquilo que você acredita, a sua estratégia, a maneira como você vai lidar com as diversas situações que vai enfrentar durante a sua vida inteira de investidor. Apesar de ser um post antigo, muito antigo, de 2004, eu ainda não tinha lido. Achei a lista do Zé interessante e resolvi fazer a minha. Depois vou imprimir e deixar do lado do computador para nunca mais fazer besteira com meu dinheiro.

Em cada item, vou explicar melhor o que penso, lembrando sempre que é apenas minha visão, minha opinião extremamente pessoal, e que você não deve seguir de olhos fechados. Crie sua lista, poste nos comentários, vamos interagir.

Você vai notar que minha lista é bem diferente da lista do Zé. Isso é consequência das estratégias diferentes de investimento. Cada pessoa tem a sua.

Sem mais delongas, vamos a lista.

Preço não importa

Já escrevi diversas vezes aqui no Vida Rica o motivo de entender porque preço não importa. O principal motivo é que, como invisto visando o longo prazo, cada compra que eu faço vai ser diluída em dezenas ou centenas de aportes durante os anos, ou seja, a compra que eu fizer hoje vai impactar quase nada no bendito do preço médio a longo prazo. Usando a matemática, fica mais claro de entender: meu primeiro aporte equivale a 100% das minhas compras, o segundo equivale a 50%, o terceiro a 33%, o quarto a 25%, e assim por diante. Se você fizer 200 compras, cada uma vai equivaler a apenas 0,5% do valor total. Logo, o impacto é nulo.

Preço importa apenas para quem faz grandes movimentações, na casa dos milhares ou milhões de reais por vez. Não é meu caso.

Não acompanhar notícias/cotação das empresas

Uma coisa que aboli é ficar acompanhando noticiário a respeito dos ativos que possuo. Isso não agrega nada, apenas incentiva as pessoas a operar baseadas em emoção. Recentemente, tivemos o caso da IRBR3, onde as pessoas começaram a comprar ação porque uma matéria dizia que a empresa do Warren Buffet tinha interesse em se tornar acionista. Quando o fato foi desmentido, as ações despencaram e todo mundo começou a vender.

Outro fato recente foi o corona vírus. A bolsa despencou e muitos investidores começaram a vender baseado em pânico, apenas, provavelmente perdendo dinheiro e saúde no processo. Sabe o que fiz durante essa semana em relação à minha carteira? Absolutamente nada. A regra aqui é abrir o homebroker somente no dia de fazer um investimento, o que ocorre uma vez por mês. Também não tenho aplicativo da corretora no meu celular, o que evita a tentação de ficar olhando a carteira toda hora.

As únicas informações que acompanho são os resultados anuais e algum fato relevante que o RI da empresa envia. De resto, não olho absolutamente nada. Até esqueço que tenho alguns ativos na carteira.

Diversificar muito

Sabe aquela pergunta que fazem para todo humorista: “Fulano, existe limite para o humor? ”. Pois é, também fazem a mesma pergunta para o investidor: “Existe limite para diversificação? ”. No meu modo de ver, não. Quanto mais ativos de qualidade eu tiver, melhor. Se vão ser 10, 100 ou mil, vai depender apenas dos meus critérios. Aquilo que passa nos meus critérios para investimento eu vou incluir na carteira, o que não passa, eu não incluo.

Além disso, quanto mais ativo eu tenho, mais minha carteira fica protegida. A primeira regra do investidor é não perder dinheiro. Todo o valor que você investe custou muito do seu tempo de trabalho para você ficar apostando em qualquer coisa. Sei que o senso comum diz para não ter mais de 20 ou 30 empresas, porque fica impossível de acompanhar. Justamente por não ter tempo para acompanhar tudo, compro o máximo possível de ativos que passam nos meus filtros. A diversificação diminui o impacto dos meus erros e aumenta as minhas chances de ter ativos vencedores, aqueles que crescem bastante.

Como diz o Benjamin Graham em seu livro O investidor inteligente, você não precisa ficar procurando uma agulha no palheiro se comprar o palheiro todo.

Você ganha ou perde na hora que compra, e não quando vende

O principal estudo que deve ser feito sobre qualquer ativo, na minha opinião, é antes de compra-lo. Só compre aquilo que você tem conhecimento, que passou nos seus filtros para fazer parte da sua carteira. A hora da compra é a única hora que você pode realmente fazer alguma coisa para proteger seu patrimônio. O resultado obtido na venda é consequência direta de ter feito ou não uma boa compra.

Não vender (será?)

Este aqui ainda não é exatamente um axioma, mas estou em vias de adotá-lo. Cheguei à conclusão de que é muito difícil encontrar o ponto certo de abandonar um ativo quando se faz buy and hold. A cabeça se enche de dúvidas quando uma empresa começa a ir mal: e se ela se recuperar? E se for passageiro? Seguindo o princípio da diversificação, começo a achar por bem manter na carteira mesmo que os ativos se deteriorem. Se eles virarem pó, o estrago vai ser pequeno. A chance de isso acontecer é menor se o axioma número 4 foi seguido à risca.

Esses são meus axiomas. O que acha?

Quais seriam os seus?

Até a próxima!

cropped-porco-avatar1

Gosta de ler? Assine o Kindle Unlimited e tenha acesso à milhões de livros por apenas
R$ 1,99 nos três primeiros meses! Ou assine o Amazon Prime e tenha acesso ao Prime Reading, onde pode alugar até 10 livros, revistas ou periódicos simultaneamente!

cropped-porco-avatar1

Para aprender mais sobre imóveis, compre meu livro:

Tijolos – Tudo o que você precisa saber antes de alugar, comprar, vender ou financiar um imóvel

2 comentários em “Os meus axiomas

  1. Gostei da ideia de Criar os próprios Axiomas. Geralmente o mercado recompensa os bem disciplinados! (coisa que não tenho sido no último ano, mas espero mudar neste).

    K.T
    thekronostrader.blogspot.com

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.