O limite do sacrifício

accomplishment action adventure challenge
Foto por Pixabay em Pexels.com

Bom dia, boa tarde, boa noite!

Certo dia, em um grupo de Facebook, presenciei um tópico onde as pessoas comentavam sobre o sonho da casa própria, e a maneira que conseguiram atingir esse objetivo.

Os relatos eram diversos. Algumas pessoas construíram suas casas com as próprias mãos, outras compraram através de um longo financiamento. Mas o que realmente chamou a minha atenção foram as pessoas que fizeram sacrifícios homéricos, pelo menos do meu ponto de vista.

Muitas e muitas pessoas, principalmente mulheres, contaram que deixaram de comprar roupas para si, de fazer refeições fora de casa, de ir a eventos, shows, festas de aniversário, ter dois ou três empregos, fazer um número absurdo de horas extras, tudo em nome de economizar o máximo possível para conseguir alcançar seus objetivos rapidamente. Fiquei realmente impressionado com algumas histórias. E me perguntei se todo esse sacrifício vale a pena. Não tenho uma resposta definitiva. Penso que um esforço concentrado por um curto período de tempo é viável. Mas fazer tudo isso durante anos? Não sei o que pensar. Posso dizer apenas que eu não faria os esforços que muitos ali fizeram em troca de conseguir comprar a minha casa.

E minha resposta tem relação com aquilo que todos possuem de forma finita: tempo. Ele é o recurso mais escasso que todo mundo possui, seja rico ou seja pobre. Ainda não inventaram uma forma de comprar tempo na sua vida.

Então eu provavelmente não trocaria todo meu tempo livre apenas para conseguir comprar uma casa. Prefiro morar de aluguel e poder fazer outras coisas além de trabalhar, trabalhar e trabalhar mais um pouco.

Claro, essa é uma questão estritamente pessoal, subjetiva. Essa é a forma que eu penso e que eu vivo. Com certeza cada pessoa tem uma visão diferente.

Este texto não tem a intenção de trazer uma resposta para essa questão, mas sim de incitar o debate: até que ponto vale a pena se sacrificar para conseguir um bem? Quanto de esforço você já fez em troca de algum objetivo material? Valeu a pena? Faria de novo?

Até!

cropped-porco-avatar1

Gosta de ler? Assine o Kindle Unlimited e tenha acesso à milhões de livros por apenas
R$ 1,99 nos três primeiros meses! Ou assine o Amazon Prime e tenha acesso ao Prime Reading, onde pode alugar até 10 livros, revistas ou periódicos simultaneamente!

cropped-porco-avatar1

Para aprender mais sobre imóveis, compre meu livro:

Tijolos – Tudo o que você precisa saber antes de alugar, comprar, vender ou financiar um imóvel

cropped-porco-avatar1

Aprenda sobre educação financeira de forma rápida, clara e objetiva com meu segundo livro:

As três lições: Um pequeno livro sobre educação financeira

2 comentários em “O limite do sacrifício

  1. Verdade Marcelo. Fazer sacrifícios por anos, significa não viver de forma completa. E se morrer amanhã? Tenho certeza que a pessoa vai sentir que deixou de fazer coisas que gostava. Daí a importância de conhecer a própria suficiência, de saber o que é importante e o que não é. Postergar prazeres definitivamente não é algo saudável. Beijos.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.