Na prática a teoria é outra

pexels-photo-3769714-1

Saudações!

Quem mora de aluguel, como eu, sabe que dá um friozinho na barriga quando chega a época do reajuste das mensalidades. A gente nunca sabe o que o dono da casa vai pedir. O frio na barriga aumenta quando IGPM está alto.

Entretanto, IGPM alto, também conhecido como a inflação do aluguel, não significa que todos os locadores vão reajustar o valor do aluguel. E também é válido dizer que um IGPM baixo ou negativo não significa descontos ou reajustes menores nos alugueis. Cada locador sabe da sua realidade, assim como cada inquilino sabe quanto pode pagar. O que de fato sempre acontece é negociação: o locador propõe um reajuste, o inquilino manda uma contraproposta. Se os dois entrarem em acordo, ótimo. Senão, nada impede que o locatário procure outro lugar para morar.

Aqui posso dar meu exemplo pessoal: desde que sai da casa dos meus pais, já passei por três renovações/reajustes de aluguel: em uma vez, tive um desconto no valor, e nas outras duas, o valor foi mantido. Enquanto isso, o IGPM acumulado foi de 21,63%, segundo a calculadora do cidadão do Banco Central. Como eu disse, cada locador conhece sua realidade. Eles preferiram manter ou reduzir o valor do que perder o inquilino e ficar com o imóvel vazio, até encontrar novo interessado. Inclusive essa é uma decisão inteligente, como explico no meu livro Tijolos.

Para mim também foi muito bom, já que não tive aumento, com o aceite da proposta, economizei as despesas que teria com mudança. É uma win-win situation.

Vale o mesmo para o IPCA: os números oficiais são baseados em uma lista determinada de produtos e serviços, não necessariamente você consome aqueles produtos ou aqueles serviços no seu dia a dia. Com isso, sua inflação pessoal pode ser maior ou menor que a oficial.

Só devemos considerar os indicadores como IGPM e IPCA para aqueles investimentos de renda fixa que temos, atrelados a esses índices. É o único local onde o indicador oficial realmente impacta na sua vida, já que ele compõe uma parte da taxa de juros pactuada na contratação daquele investimento.

No resto da sua vida, como aluguel e alimentação, os índices oficiais devem ser tomados apenas como um norte, mas jamais a ferro e fogo, como se tudo que você usa ou consome fosse reajustado por esses valores.

Na prática, a teoria é outra, já diria o filósofo.

Sugestão de leitura

Como estamos falando basicamente de inflação, aqui vai um livro sobre o impacto dela nas taxas de desemprego: Desemprego e Política Monetária, do F. A. Hayek. O livro está disponível na Amazon, no link abaixo:

DESEMPREGO E POLÍTICA MONETÁRIA – F.A. HAYEK

517nxkv-rzl

cropped-porco-avatar1

Gosta de ler? Assine o Kindle Unlimited e tenha acesso à milhões de livros por apenas
R$ 1,99 nos três primeiros meses! Ou assine o Amazon Prime e tenha acesso ao Prime Reading, onde pode alugar até 10 livros, revistas ou periódicos simultaneamente!

cropped-porco-avatar1

Para aprender mais sobre imóveis, compre meu livro:

Tijolos – Tudo o que você precisa saber antes de alugar, comprar, vender ou financiar um imóvel

cropped-porco-avatar1

Aprenda sobre educação financeira de forma rápida, clara e objetiva com meu segundo livro:

As três lições: Um pequeno livro sobre educação financeira

cropped-porco-avatar1

Dinheiro é importante, mas não é tudo! Conheça meu terceiro livro:

Vida Rica: Finanças não é só dinheiro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.