Coca-Cola, Cristiano Ronaldo e a ignorância da realidade

Foto por Scott Spedding em Pexels.com

Refrigerantos e refrigerantas, saudações!

Recentemente, correu o mundo o vídeo de uma entrevista do jogador Cristiano Ronaldo, onde ele tira duas garrafas de Coca-Cola de perto dele e levanta uma garrafa de água. Veja o vídeo:

Minutos depois, pipocaram milhares de textos em blogs, sites e redes sociais dizendo que a empresa teve alguns bilhões de prejuízo em virtude da atitude do atleta. Veja alguns exemplos:

https://www.uol.com.br/esporte/futebol/ultimas-noticias/2021/06/15/gesto-de-cristiano-ronaldo-gera-baixa-de-4-bi-de-dolares-para-coca-cola.htm

https://extra.globo.com/esporte/gesto-de-cristiano-ronaldo-causa-prejuizo-de-4-bihoes-de-dolares-coca-cola-no-mercado-de-acoes-rv1-1-25062143.html

https://www.dw.com/pt-br/cristiano-ronaldo-faz-coca-cola-perder-us-4-bilh%C3%B5es-na-bolsa/av-57921868

Bom, o que tenho a dizer sobre isso? Primeiro, muita gente que escreve sobre mercado não sabe a diferença entre prejuízo e perda de valor de mercado. Prejuízo, de forma simplificada, é quando a empresa teve, em determinado período, mais despesas do que receitas. Ou seja, ficou no vermelho. É o que acontece quando a gente gasta mais grana do que tem, e começa a usar o cheque especial, para contextualizar.

Perda de valor de mercado é outra coisa completamente diferente. Primeiro, o valor de mercado é calculado pela multiplicação do valor das ações da empresa pela quantidade delas, algo bem simples de entender. Como a cotação das ações oscila o tempo todo, porque é assim que o mercado acionário funciona, o valor de mercado também muda o tempo todo. Só que as ações disponíveis no mercado são só uma parte da empresa. Boa parte delas sequer está disponível para negociação na bolsa, ficando nas mãos dos controladores das empresas.

Outra coisa pouco falada: a variação que a Coca sofreu na bolsa de valores naquele dia é perfeitamente normal. Não foi nenhuma variação atípica, ou completamente fora da realidade. Todos os dias as ações das empresas sobem ou descem um pouco, dependendo dos investidores. Se tem mais gente querendo comprar do que vender, elas sobem. Se tem mais gente querendo vender do que comprar, ela cai. E isso acontece todo santo dia. O grande problema é que, com a mídia precisando inventar notícia 24 horas por dia, sete dias por semana, qualquer mínima coisa serve de gatilho para publicações alarmistas, exageradas, buscando caçar cliques. Ryan Holiday já falava disso no seu livro Acredite, estou mentindo!.

E por último, mas não menos importante: é bem possível que a Coca-Cola até lucre com a entrevista do Cristiano Ronaldo. Digamos que muita seja impactada a ponto de começar a consumir mais água engarrafada, ao invés de refrigerantes. Sabe quem é uma das maiores vendedoras de água engarrafada do mundo? A Coca-Cola. Muito mais do que refrigerante, a Coca-Cola é uma empresa gigantesca, com 200 marcas de bebidas diferentes vendidas pelo mundo inteiro. Isso inclui água, refrigerante, sucos, chás, isotônicos. Sabe a tal da diversificação, que sempre citamos aqui? Então, a Coca faz isso extremamente bem. Mesmo aparentemente sendo prejudicada por uma associação negativa do seu produto por uma pessoa extremamente influente, ela pode ter lucros já que também vende o outro produto recomendado por ele, no caso, a água.

Então, dá próxima vez que algo parecido acontecer, não saiam tirando conclusões precipitadas, achando que a empresa teve algum tipo de prejuízo por causa de um vídeo ou declaração. É preciso olhar para o que não se vê.

Sugestão de Leitura

cropped-porco-avatar1

Precisa de ajuda para organizar sua vida financeira? Está endividado e quer sair do buraco? Clique aqui e fale comigo!

cropped-porco-avatar1

Gosta de ler? Assine o Kindle Unlimited e tenha acesso à milhões de livros por apenas
R$ 1,99 nos três primeiros meses! Ou assine o Amazon Prime e tenha acesso ao Prime Reading, onde pode alugar até 10 livros, revistas ou periódicos simultaneamente!

cropped-porco-avatar1

Compre meus livros na Amazon:

Tijolos – Tudo o que você precisa saber antes de alugar, comprar, vender ou financiar um imóvel
As três lições: Um pequeno livro sobre educação financeira
Vida Rica: Finanças não é só dinheiro

4 comentários em “Coca-Cola, Cristiano Ronaldo e a ignorância da realidade

  1. É uma tristeza vos ler …
    vejamos: a coca-cola e a Nestlé, esta pertencente ao Vaticano, vêm comprando tudo quanto é reserva territorial capaz de fornecer água mineral, aqui , no território brasileiro. Isso tem mais de VINTE ANOS…
    Minha pessoal pergunta ao autor brilhante:
    Te dá prazer em incitar o obscurantismo na mente de qualquer?

    Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta para GUILHERME SCHIMMELPFENG Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.