O controle de aluguéis e a diversificação da carteira

Foto por Kindel Media em Pexels.com

Alugados e alugadas, saudações!

Outro dia postei aqui que um projeto de lei que impede o despejo de inquilinos durante a pandemia estava tramitando no congresso nacional. Foi um texto rápido, apenas informativo, sem muito aprofundamento.

Pensando cá com meus botões, decidi escrever um pouco mais sobre o assunto.

Esse tipo de interferência no mercado imobiliário é danosa, já que a tendência é encarecer o custo dos alugueis devido a maior burocracia envolvida para que um inquilino consiga provar que tem condições de bancar o valor pedido sem ficar inadimplente, afinal, proprietário nenhum quer ter seu imóvel ocupado por alguém que não irá conseguir arcar com o valor do aluguel e não pode ser retirado do imóvel depois.

Outro ponto é que uma lei dessa também pode reduzir a oferta de imóveis para locação. Uma vez que os riscos aumentam para o locador, ele pode preferir não alugar o imóvel para ninguém até a pandemia passar, do que alugar e correr o risco de ficar com o imóvel ocupado por alguém que não está pagando o valor combinado.

É histórico que o controle de preços de alugueis ou outras mercadorias e serviços acaba sendo um tiro no pé de quem o propõe, como bem conta o excelente livro Crash, do Alexandre Versignassi, e esse artigo do Caos Planejado, mostrando quatro vezes que o controle de aluguel deu errado. Recentemente, temos o exemplo de Berlim, que tentou controlar o mercado imobiliário e teve um resultado ruim, corroborando com a história.

Um dos pontos problemáticos dessa possível lei, caso ela seja aprovada, é que quem declara quando acaba a pandemia não é o governo federal, mas sim a OMS. Logo, mesmo que a disseminação do coronavírus seja controlada no país, a situação de pandemia ainda pode perdurar por muito tempo, visto que ela ainda pode estar crítica em boa parte dos demais 200 e poucos países do mundo.

Essa notícia também mostra, novamente, a importância de ter um portfólio de investimentos diversificado. Se uma pessoa possui apenas imóveis como patrimônio, ela pode ser altamente impactada por uma lei dessas, mesmo que sejam muitos imóveis, distribuídos em diferentes cidades. Infelizmente, segurança jurídica não é o forte do Brasil, e basta uma simples canetada de algum político para colocar em risco um patrimônio que levou anos ou décadas para ser acumulado. Por isso, diversifiquem. É uma coisa simples de fazer, barata, e que protege seu patrimônio de danos maiores. Diversificação é o único almoço grátis oferecido pelo mercado. Aproveite-o!

Sugestão de leitura

cropped-porco-avatar1

Precisa de ajuda para organizar sua vida financeira? Está endividado e quer sair do buraco? Clique aqui e fale comigo!

cropped-porco-avatar1

Gosta de ler? Assine o Kindle Unlimited e tenha acesso à milhões de livros por apenas
R$ 1,99 nos três primeiros meses! Ou assine o Amazon Prime e tenha acesso ao Prime Reading, onde pode alugar até 10 livros, revistas ou periódicos simultaneamente!

cropped-porco-avatar1

Compre meus livros na Amazon:

Tijolos – Tudo o que você precisa saber antes de alugar, comprar, vender ou financiar um imóvel
As três lições: Um pequeno livro sobre educação financeira
Vida Rica: Finanças não é só dinheiro

2 comentários em “O controle de aluguéis e a diversificação da carteira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.