Não conte com a força de vontade futura

Foto por cottonbro em Pexels.com

Saudações, enroladores e enroladoras!

Temos uma tendência até natural de deixar as coisas para depois. Dizem que isso é uma herança dos tempos em que éramos caçadores e nômades, onde poupávamos as nossas energias para o que era realmente importante: fugir dos predadores, encontrar alimentos e reproduzir. Com o tempo tudo evoluiu, e não precisamos mais gastar energia para conseguir os recursos básicos que garantem a nossa sobrevivência. Apesar disso, continuamos procrastinando e deixando as coisas para depois, mesmo aquelas de extrema importância, como se alimentar bem, praticar exercícios e pagar as contas em dia.

Estou longe, bem longe de ser algum tipo de coach ou guru de produtividade, um especialista em gestão de tempo. Mas posso deixar minhas dicas de como eu luto (ou pelo menos eu tento) contra a procrastinação.

Alimentação

Cozinhar todo dia é puxado. Ficar comendo besteira de fast food, salgadinho e lanche também não é o ideal. Aqui em casa resolvemos boa parte do problema fazendo marmitas congeladas. Tiramos um dia para cozinhar, fazemos um bom volume de comida e congelamos em potes plásticos. Nos dias seguintes, é só descongelar e comer. E se você não quer ou não pode cozinhar, existem empresas que já entregam esse tipo de refeição congelada, com muita variedade para você escolher entre as opções, não precisando comer todo dia a mesma coisa.

Dinheiro

Quem nunca esqueceu de pagar uma conta em dia? Ou então disse que no final do mês ia investir o que sobrasse (só que nunca sobra)? O melhor jeito de não procrastinar é automatizando tudo. Já escrevi sobre isso antes, mas não custa relembrar um pouco. Basicamente, você pode deixar programado via aplicativo ou internet banking um investimento recorrente, mensal, assim nunca mais vai ficar para depois. E para nunca mais esquecer de pagar uma conta em dia, é só cadastrar todos os seus compromissos no débito automático.

Atividade física

Aqui é um pouco mais complicado de automatizar, afinal, você precisa fazer o exercício, e não a máquina. Mas existem alguns truques que podem ajudar.

O primeiro truque é fazer atividade física em um local próximo da sua casa ou do seu trabalho. Se matricular em uma academia longe, fora de mão, é a receita para o fracasso.

Outra coisa que ajuda é já deixar a roupa e demais acessórios necessários arrumados de antemão. Se vai correr na manhã seguinte, deixe a roupa e os tênis prontos na noite anterior. Quando acordar, já vai estar tudo arrumado, só esperando você vestir e sair.

Como eu disse, não sou nenhum guru de produtividade, mas são dicas que uso no meu cotidiano e tem me ajudado a melhorar um pouco minha qualidade de vida.

Este texto faz parte da campanha #JaneiroVerde.

Processando…
Sucesso! Você está na lista.

Um comentário em “Não conte com a força de vontade futura

  1. Marcelo,

    Excelente post.

    Muitas vezes subestimamos nossa tendência à procrastinação. E muitas vezes demoramos a entender o estrago que esse terrível hábito faz em nossa vida.

    Não adianta viver de ilusões, achar que tudo vai dar certo no final sem fazer nada para que isso realmente ocorra: é preciso agir para que bons resultados sejam alcançados.

    Boa semana!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.