Nem sempre arbitrar juros é vantajoso

Foto por cottonbro em Pexels.com

Juros e juras, saudações!

Hoje vou falar sobre arbitrar juros, isto é, ter a opção de escolher entre quitar uma dívida ou deixar o dinheiro investido, acreditando que os rendimentos do capital serão maiores do que os juros da dívida.

Isso é uma coisa muito inteligente a se fazer, desde que você já tenha todo o dinheiro necessário para quitar a dívida. Caso contrário, o tiro pode sair pela culatra.

Antes de continuar, recomendo que leiam o texto do Clube do Pai Rico sobre isso: https://www.clubedopairico.com.br/como-comprei-um-carro-financiado-e-ainda-ganhei-dinheiro-com-isso/3886.

Voltando: é inteligente arbitrar os juros, se você tiver capital suficiente. Para fins didáticos, vou considerar um financiamento imobiliário de 300 mil reais, com juros de 10% ao ano. Nessa situação, as parcelas fixam seriam de R$ 2.800, ou R$ 33.600 ao ano de despesa.

Agora, se você tiver esse mesmo dinheiro investido a 12% ao ano, então pode valer a pena manter o dinheiro aplicado, já que teoricamente o rendimento anual de 36 mil reais seria suficiente para pagar o financiamento e ainda sobrar um troco.

Agora, o que jamais deve ser feito é ficar arbitrando juros quando o valor que você tem investido é menor do que o valor da sua dívida.

Usando o mesmo caso anterior, mas para uma pessoa que tem apenas 150 mil reais aplicados. Mesmo com os juros anuais de 12% ao ano, ela obteria apenas 18 mil reais de rendimento, valor insuficiente para cobrir as despesas do financiamento. Pode ser mais interessante usar o capital acumulado para abater o saldo devedor do financiamento, reduzindo o montante pago ao final do financiamento. Falo mais sobre isso nesse texto aqui: https://vidarica.me/2022/01/08/da-vantagem-em-se-abater-o-saldo-devedor-2/.

Veja, tudo isso que estou escrevendo é apenas para ilustrar, dar o exemplo. Na prática, cada caso é um caso e é preciso fazer um cálculo mais complexo e detalhado. Esse texto serve mais como um alerta de que as coisas podem não ser assim tão vantajosas quando se faz uma análise com mais calma.

Até!

Sugestão de Leitura:

Processando…
Sucesso! Você está na lista.

4 comentários em “Nem sempre arbitrar juros é vantajoso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.