Fernão Capelo Gaivota

Saudações, gaivotas e gaivotos!

O livro de hoje é Fernão Capelo Gaivota (Jonathan Livingston Seagull, no original em inglês), escrito por Richard Bach. Fui pesquisar sobre o autor, por curiosidade, para ver se ele tinha algum parentesco com o famoso músico, e descobri que ele é apaixonado por aviação, e quase todos os seus livros tem como tema o vôo. E Fernão Capelo Gaivota fala exatamente sobre isso, sobre o vôo, sobre uma gaivota que desafia seu grupo, sai da mesmice e tenta a todo momento aperfeiçoar suas técnicas de vôo. A interpretação do livro vai depender de quem lê: dá para levar para o lado religioso, para o lado da autoajuda, como uma fábula, ou apenas como uma história legal sobre gaivotas que gostam de fazer manobras radicais e voar muito rápido. Isso deixo com vocês.

Abaixo, alguns trechos que gostei do livro:

O que outrora desejara para o bando tinha-o agora só para si. Aprendera a voar e não lamentava o preço que pagara por isso. Fernão Gaivota descobriu que o tédio, o medo e a ira são as razões por que a vida de uma gaivota é tão curta, e, sem isso a perturbar-lhe o pensamento, viveu de fato uma vida longa e feliz.

Se nossa amizade depende de coisas como o espaço e o tempo, então, quando finalmente ultrapassarmos o espaço e o tempo, teremos destruído a nossa fraternidade! Mas, ultrapassado o espaço, tudo o que nos resta é o Aqui. Ultrapassado o tempo, tudo o que nos resta é Agora. E entre Aqui e Agora você não crê que poderemos ver-nos uma ou duas vezes?

Dito isso, Fernão fixou no pensamento a imagem dos grandes bandos de gaivotas das costas doutros tempos e, com a facilidade do treino, soube que não era só ossos e penas, mas sim uma ideia perfeita de liberdade e voo que nada conseguia limitar.

Falou de coisas muito simples – que as gaivotas têm o direito de voar, que a liberdade é própria da sua natureza, que todo aquele que se oponha a essa liberdade deve ser posto de parte, quer a oposição seja motivada por ritual, superstição ou limitação sob qualquer forma.

– Pôr de parte? – gritou uma voz entre a multidão. – Mesmo se for a lei do bando?

– Só a lei que conduz à liberdade é verdadeira – disse Fernão. – Não há outra.

Você pode comprar o livro na Amazon, no link: https://amzn.to/3PAMSOK

Já leu o livro? O que achou dele?

Até!

Processando…
Sucesso! Você está na lista.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.